Atleta paralímpico brasileiro Andre Cintra participa de rally no Nordeste, saiba como foi

Redação Webventure/ Aventura brasil

andre cintra expedicao nordeste

Dos Jogos Paralímpicos de Inverno para as dunas do Nordeste brasileiro. Essa foi a aventura da semana feita pelo primeiro atleta a representar o Brasil no snowboard, Andre Cintra. A Expedição Jeri Adventures, tinha como objetivo percorrer um rally de 650km, porém, o roteiro acabou chegando aos 1000km.

O desafio começou nos Lençóis Maranhenses (MA), passou por Barra Grande (PI) e chegou até Jericoacoara (CE). O rally foi feito em um Can Am, no Nordeste e contou com areia, lama, pedras, rio, buracos e muitas outras condições extremas ao longo de seu percurso.

“Foi uma experiência nova para mim. Enfrentamos alagamentos, mangues, terras, praias e dunas. Os ambientes são extremamente diferentes um do outro e muito próximos”, destaca o atleta.
Andre estava com mais 15 pessoas, dividias em 8 carros e era o único atleta paralímpico na expedição. O começo da aventura foi na região dos Lencóis Maranhenses, feitos em um total de 160km. “Nós nos perdemos, tivemos que que passar com os carros por trechos com muita lama, tivemos que desviar de pedras que voavam na areia, entre outros desafios naturais que só encontramos nesse tipo de aventura”, explica.

A segunda parte da aventura foi marcada por um trajeto de mais de 300 km até Barra Grande, no Piauí. A chegada em Jericoacoara, Ceará, foi a mais emocionante. Terceira e última parte da aventura, contou com um trajeto maior ainda, de mais de 500km e desafios naturais repentinos.

andre cintra expedicao nordeste 2

“Passamos por situações muito diferentes e tivemos que tomar decisões rápidas em toda a viagem. Se demorássemos alguns minutos, a maré podia encher, o carro atolar ou não conseguirmos pegar a balsa. Apesar das dificuldades, é uma experiência que vale muito a pena, o Brasil é muito lindo e existem poucos lugares onde podemos fazer um rally como esse, com praias bonitas, comida boa e segurança”, comenta Andre Cintra.
Além de todas as dificuldades, a vegetação também foi um imprevisto para Andre. “Colocávamos a trilha no GPS para fazer a pesquisa, mas, quando chegávamos nos lugares, as estradas estavam alagadas ou a vegetação tinha crescido. Tínhamos que conversar com moradores locais para pedir ajuda, e, inclusive, foram todos muito educados e receptivos”, conclui.

Além de representar o Brasil em competições internacionais de snowboard, Andre Cintra é conhecido por praticar diversos esportes radicais, como kitesurf, wakeboard e kitesnow. Essa foi sua estreia no rally e ele adorou a experiência.

Conhecido pelas grandes conquistas como snowboarder nos Jogos Paralímpicos de Inverno em Sochi, Rússia (2014) e Pyeongchang, na Coreia do Sul (2018), o atleta brasileiro está sempre em busca de muita adrenalina, além de superar novos desafios todos os dias.

“É maravilhoso ter a oportunidade de explorar um Brasil tão pouco conhecido. Depois desses primeiros desafios no Maranhão e no Piauí, onde estamos, seguiremos rumo ao Ceará. Nesses próximos dias passaremos pelo mangue, tenho certeza que será maravilhoso”, conclui Andre.

 

 

Last modified: junho 26, 2019

Redação Webventure
Redação Webventure