Número de baleia jubartes na raia da Semana de Vela de Ilhabela é recorde

./ Vela

A Semana Internacional de Vela de Ilhabela é oficialmente rota das baleias jubarte que fazem migração das águas frias da Antártida para Abrolhos (BA) visando reprodução. Na temporada de 2019, o número de animais cruzando a raia das regatas de julho já é recorde. Ilhabela (SP) já está inserida na rota e agora é possível ver placas no município identificando as regiões das baleias.

 

As baleias têm sido cada vez mais frequentes na região de Ilhabela. Foto: Julio Cardoso/ Projeto Baleia a Vista

As baleias têm sido cada vez mais frequentes na região de Ilhabela. Foto: Julio Cardoso/ Projeto Baleia a Vista

No ano de 2018, por exemplo, foram registradas 42 jubartes entre os dias 21 de junho e 4 de setembro. Este ano, de 27 de maio até o dia 13 de junho foram avistadas 47 jubartes.

Apesar das baleias subirem mais cedo para o Nordeste, é provável, de acordo com especialistas, que os velejadores das regatas de 13 a 20 de julho tenham a companhia dos animais.

Desde 2016, a Semana Internacional de Vela de Ilhabela recebe visita frequente de baleias, que se juntam a golfinhos na raia das provas. “Ilhabela está bombando”, afirma Julio Cardoso, ambientalista e diretor do Yacht Clube de Ilhabela.

”Espero que elas continuem vindo, pois começaram a passar por aqui mais cedo. Nos últimos dois anos, o comportamento delas tem sido de vir pelo sul, entrar pelo canal de São Sebastião, passar algumas horas descansando e depois retornar pelo sul. Ao saírem, vão para os lados da Ponta do Boi e seguem no rumo nordeste para a Bahia”.

Júlio Cardoso alerta também sobre os riscos para as baleias. “Elas estão encostando em praias e costões, talvez buscando comida, e acabam se enroscando em redes, cercos ou poitas. Tem muitas armadilhas para elas por aqui”, finaliza o ambientalista.

 

Last modified: junho 28, 2019

.