Foto: Pixabay

Garis dão uma de alpinistas para limpar o Corcovado

Redação Webventure/ Montanhismo

Para retirar 600kg de lixo da encosta do Corcovado, ontem (15/04), no Rio, três garis da Comlurb (empresa carioca responsável pela coleta do lixo) tiveram de dar uma de alpinistas. Para alcançar o local da sujeira, eles usaram cordas presas ao corpo – um rapel improvisado.

A operação durou todo dia porque os garis Alberto da Conceição Souto, Luiz Carlos de Oliveira Silva e Carlos Alberto da Silva tinham de recolher o lixo em pequenas cestas improvisadas. Do estacionamento do Cristo, passando pela ala Sul da encosta, até onde havia mais dejetos, cada viagem demorada quase 30 minutos. Na volta, os garis precisavam se equilibrar nas trilhas com o peso dos cestos. O penhasco onde estavam tem uma altura superior a 500 metros.

Ainda existe sujeira no local e os garis “alpinistas” devem voltar lá ainda hoje. Eles vão trazer garfos de limpeza para retirar cerca de uma tonelada e meia de lixo misturado à terra. A limpeza dessa encosta nunca tinha sido feita pela Comlurb e o lixo acumulado foi jogado por visitantes e donos de restaurante do ponto turístico. O diretor do Parque Nacional da Tijuca, Pedro da Cunha Menezes, informou à Agência O Globo que são retirados da área cerca de 1.800 kg de lixo industrial a cada semana.

A poluição do Corcovado gerou até uma ação na justiça por iniciativa do Grupo de Ação Ecológica (GAE), no mês passado. Esta ONG chegou a promover uma manifestação para limpeza na encosta, onde já foram encontrados desde cadeiras e guarda-sol até um forno de microondas.

Este texto foi escrito por: Webventure

Last modified: abril 16, 1999

Redação Webventure
Redação Webventure