Paraguai: um destino que oferece muito mais do que apenas compras

Gabriel Gameiro/ Museu, Viagem, Vida ao Ar Livre

Qual a primeira coisa que vem na sua cabeça, quando alguém conta que vai para o Paraguai? Muitos vão dizer: uma visita às Cataratas do Iguaçu e algumas “comprinhas” na fronteira. O país entra no roteiro dos viajantes mais por razões comerciais do que para turismo em si, mas isso é algo que deveria mudar, já que em seu interior existem pontos interessantes para conhecer. A capital, Assunção, é um desses locais.

O professor da PUC-SP Diogo de Hollanda, tem muitas dicas do que fazer lá. Sua mãe nasceu no Paraguai, com isso ele sempre viaja ao local para visitar a família. O país traz a sensação de estar descobrindo um destino pouco explorado turisticamente. “O interior do Paraguai é muito mais bonito do que as cidades de fronteira”, afirma Diogo.

A cidade de Assunção tem muitos locais históricos para serem visitados Foto: Pinterest

A cidade de Assunção possui diversos locais históricos para serem visitados Foto: Pinterest

Assunção é uma cidade de médio porte, sem os atrativos arquitetônicos de Buenos Aires e porte de Santiago. Em termos de tamanho a assemelha-se a Montevidéu, porém tem cerca de metade da população da cidade uruguaia. “No Paraguai as pessoas são simpáticas e gostam muito do Brasil, mesmo que ainda exista um ressentimento dos mais velhos pela guerra do Paraguai”, explica. Segundo ele, a cidade tem população acolhedora e diversos locais históricos para visitar.

Um edifício do século XIX é utilizado como palácio do governo desde sua construção e está localizado no centro histórico da capital. O professor destaca também Centro Cultural de la Rivera para visita.

Um lugar muito importante para os paraguaios, o Pantheon de los Heroes homenageia Foto: Panteon de los Heroes

O Pantheon de los Heroes homenageia Nossa Senhora de Assunção Foto: Panteon de los Heroes

Assunção tem duas artérias principais: as ruas Palma e Estrella (Calle Palma e Calle Estrella). Você pode encontrar o Panteão Nacional dos Heróis, construído originalmente como templo católico, o edifício atualmente cumpre funções religiosas e homenageia a Virgem de Assunção, além de ser o local onde estão os restos mortais de Francisco Solano López, um herói para muitos paraguaios.

Em frente ao Panteão você encontra o Lido Bar, parada obrigatória segundo Diogo. “Lá é muito gostoso, é possível comer empanadas saborosas, além de uma sopa diferente, que lembra um empadão. É a basa de milho, ovo e queijo”. Na Calle Estrella e em alguns outros lugares da cidade, você pode encontrar o restaurante Don Vito. “Um ótimo lugar para encontrar mais empanadas deliciosas”, afirma.

O Yatch Golf & Club fica a beira do Rio Paraguay Foto: Reprodução/Facebook

O Yacht & Golf Club Paraguayo fica a beira do Rio Paraguay Foto: Reprodução/Facebook

O Yacht & Golf Club Paraguayo, que se encontra às margens do rio Paraguay, é outro lugar belíssimo que a cidade possui. “Acho que todos deveriam separar um dia para almoçar nesse lugar, a vista é belíssima e a comida excelente”. O clube começou com uma superfície de pouco mais de três hectares, que estavam dentro das 20 áreas reservadas para os primeiros 9 buracos do campo de golfe. Hoje, possui uma propriedade de 54 hectares, onde as instalações estão distribuídas.

Participe da Meia Maratona do Descobrimento Porto Seguro 2018. Clique aqui e inscreva-se!

Diogo lembra de algumas cidade próximas a Assunção que podem render um final de semana cheio de ótimas lembranças, são elas: Areguá, Caacupé e San Bernardino. Todas ficam perto do rio Ypacaraí, o mesmo que deu origem a música “Recuerdos de Ypacaraí”, que já foi interpretada por inúmeros artistas, entre eles Ângela Maria e Caetano Veloso.

 

Last modified: novembro 8, 2017

Gabriel Gameiro
Gabriel Gameiro
Estudante de jornalismo, que caiu no mundo dos esportes por acidente e com o tempo aprendeu a amar. Gosta do que faz e apesar de ainda não ser um corredor ama fazer spinning e cobrir corridas.