Foto: Pixabay

Descubra 5 templos budistas que você pode visitar no Brasil

Foto: Fotolia Foto: Fotolia

O Budismo é uma religião de origem oriental, que prega que tudo que você faz traz consequências, positivas ou negativas, para você mesmo em algum momento da sua vida. Apesar do número de vertentes, a elevação da mente e a paz de espírito são preceitos essenciais a quem pratica o budismo, seja na China, na Austrália ou aqui.

Apesar de ser um país predominantemente cristão, a comunidade budista também se faz presente no Brasil, desde o início do século XX. Os templos e escolas que propagam a doutrina estão espalhados por todo o país. O Webventure listou alguns dos que mais recebem visitas, tanto de budistas, simpatizantes ou de pessoas que querem apenas sair da rotina e fazer um passeio mais zen. Confira:

1. Templo Zulai, Cotia (SP)

Foto: Carolina Abrantes/ Webventure Foto: Carolina Abrantes/ Webventure

O local fica na região da Grande São Paulo, a cerca de 40 minutos da capital. O Templo do Monastério Fo Guang Shan foi oficialmente consagrado em 1992 e expandido em 2003. Suas cerimônias são realizadas com base na escolas de pensamento budista chinesa Chan e Terra Pura. O local oferece palestras e cursos aos simpatizantes da doutrina e fica aberto ao público. Os visitantes têm entrada franca e podem participar de retiros de meditação, celebrações e aulas de tai chi chuan.

2. Templo Budista de Foz do Iguaçu, Foz do Iguaçu (PR)

Foto: Reprodução Facebook Foto: Reprodução Facebook

Quem vai até lá tem uma vista privilegiada, pois o templo, construído em 1996, é em um local alto de onde é possível observar tanto Foz quanto a Ciudad del Leste, no Paraguai. A linha do budismo é a chinesa, são mais de 120 estátuas espalhadas pelos jardins, uma das principais é a escultura do Buda Maitreya com mais de sete metros de altura. O local fica aberto para visitação de terça a domingo.

3. Templo Gonpa Khadro Ling, Três Coroas (RS)

Foto: Divulgação Foto: Divulgação

O templo construído em 1996 é o único da linha budista tibetano em toda a América do Sul. Ele é uma réplica do templo de Guru Rinpoche, que levou o Budismo Vajraiana ao Tibete no século VIII, fica a cerca de 45 minutos da cidade de Gramado. O local é aberto ao público de quarta a domingo, os visitantes podem participar de aulas de meditação, passear pelos jardins e conhecer os ensinamentos da religião.

4. Templo Quan Inn, São Paulo (SP)

Foto: Divulgação Foto: Divulgação

O templo foi inaugurado em 1994, por imigrantes budistas que vivem na região de Parelheiros. Os visitantes podem apreciar diversas estátuas da personificação de Buda; além de promover os ensinamentos da doutrina na linha chinesa, meditações e celebrações, o local oferece tratamento especializado com acupuntura. A visitação acontece apenas aos domingos.

5. Templo Shin , Distrito Federal (DF)

Foto: Divulgação Foto: Divulgação

O local, que segue os preceitos do budismo chinês, foi inaugurado em 1973. Lá os visitantes podem meditar, praticar yoga, pilates, tai chi chuan, kung fu e aprender ensinamentos da religião. A época que o templo recebe maior número de visitantes é na celebração anual chamada de Urabon, uma espécie de homenagem aos antepassados. A visitação ocorre aos finais de semana.

Este texto foi escrito por: Carolina Abrantes

Last modified: setembro 4, 2017

Arquivo