Foto: Pixabay

5 destinos brasileiros para quem aprecia um bom vinho

Foto: Fotolia Foto: Fotolia

Viajar com o objetivo de visitar vinícolas, degustar e conhecer mais sobre vinhos é uma prática chamada de enoturismo. Chile, Argentina e Espanha são destinos famosos para quem se interessa pelo assunto, mas nem é preciso ir tão longe assim. É possível encontrar boas opções de passeio sem nem sair do Brasil.

O país é hoje o quinto maior produtor de vinhos do Hemisfério Sul, conta com cerca de 83 mil hectares de uvas e mais de mil vinícolas, a maioria espalhada pela região sul. Os roteiros para enoturismo, além de muitos tipos diferentes da bebida, contam com belíssimas paisagens. O Webventure listou alguns destinos nacionais para quem aprecia a bebida e ama viajar, confira:

Bento Gonçalves RS

Foto: Fotolia Foto: Fotolia

Apelidada de “Capital Brasileira da Uva e do Vinho”, a cidade forma junto com Garibaldi e Monte Belo do Sul, o Vale dos Vinhedos, região mais importante na produção de vinho brasileiro. O local possui desde pequenas vinícolas familiares a até fábricas de títulos internacionais. Cerca de 60% do Vale dos Vinhedos fica no município de Bento Gonçalves, que é considerado tão bom para a fabricação da bebida devido ao clima propício para as parreiras. Por lá, também é possível passear pelas vinícolas e até fazer um passeio de maria fumaça.

São Roque SP

Foto: Reprodução Facebook Foto: Reprodução Facebook

A 66 km de São Paulo, a cidade é conhecida por abrigar a rota do vinho, o passeio inclui gastronomia, cultura e diversos outros atrativos turísticos. São cerca de 10 km da famosa “Estrada do Vinho”, endereço das vinícolas da região desde o século 17, quando imigrantes portugueses passaram a cultivar videiras às margens dos rios Carambeí e Aracaí. Estima-se que São Roque produza mais de 18 milhões de litros da bebida por ano.

Andradas MG

Foto: Reprodução Facebook Foto: Reprodução Facebook

A versão mineira da “terra do vinho” é conhecida por fabricar especialmente vinhos bordô feitos com folhas de figo e uvas cultivadas na própria região. O destino tornou-se referência para o enoturismo, desde 1954, quando recebeu a 1° Festa do Vinho. Hoje, Andrada conta com 7 vinícolas, onde os visitantes podem degustar e acompanhar o processo de produção da bebida.

+ Participe do Circuito Urban Night Run! Clique aqui e inscreva-se

Casa Nova BA

Foto: Fotolia Foto: Fotolia

O sistema de irrigação da região, abastecido pelo rio São Francisco, tornou possível o plantio de videiras e a produção de vinhos no Vale do Rio São Francisco, que também abriga as cidades de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE). A cidade de Casa Nova conta com um passeio especial para os amantes da bebida, o Vapor do Vinho, o barco parte do Lago de Sobradinho e leva os visitantes até Casa Nova, ao som de música regional e recital de poesias para conhecer a maior vinícola do estado.

Lagoa Grande PE

Foto: Fotolia Foto: Fotolia

Apesar do clima quente e seco, o sistema de irrigação, também proveniente do Rio São Francisco, torna possível a vitivinicultura na região, que é a única que produz duas safras ao ano. A cidade recebe anualmente em outubro a Vinhuva Fest, uma festa que atrai turistas dos estados vizinhos por ser a maior festa relacionada à produção de vinho no nordeste.

Este texto foi escrito por: Carolina Abrantes

Last modified: julho 5, 2017

Arquivo