Roberta, Alex, Luca e Guilherme são a família do Áries Foto: Christina Volpe/Webventure

Família que navega junto, navega mais unida

Christina Volpe/ Vela

A Semana de Vela de Ilhabela recebe diversas equipe em inúmeras categorias, os tripulantes variam de idade, mas você sabia também existem até velejadores mirins? Isso mesmo! Conversamos com uma família que compete junta: mãe, pai e dois filhos (em breve três).

Participe da Mountain do Fim do Mundo – Desafio na Neve. Clique aqui e inscreva-se!

O casal Alex e Roberta Calábria se conheceram na adolescência e desde cedo o iatismo esteve presente na relação do casal. “Aprendi a velejar com meus pais e nunca parei, com o tempo fui incluindo Roberta e depois as crianças vieram naturalmente. Hoje vamos sempre juntos”, conta Alex.

Os filhos do casal são apaixonados por competições Foto: Christina Volpe/Webventure

Os filhos do casal são apaixonados por competições Foto: Christina Volpe/Webventure

Hoje o Áries compete na categoria ORC, sendo que seus mais novos tripulantes, com 10 (quase 11) e 13 anos, são filhos do casal. Guilherme (10 anos) quer ser astrônomo quando crescer, mas não pretende parar de velejar. “Eu gosto da adrenalina e também adoro passear, mas o favorito mesmo são as regatas, já estive em 3 ou 4”.

“Tudo isso começou como um projeto de família”, conta Luca de 13 anos. Os quatro competiam na categoria clássico, antes de partirem para a ORC. “Eu não queria trocar de barco, mas quando vi esse adorei. Agora o que acho mais legal é ver nosso antigo barco competindo também”.

Família mudou de categoria e hoje está em uma mais competitiva e conta com tripulação Foto: Christina Volpe/Webventure

Família mudou de categoria e hoje está em uma mais competitiva e conta com tripulação Foto: Christina Volpe/Webventure

A mãe está sempre atenta aos riscos de participar com duas crianças, mas enxerga os benefícios como algo maior. “Quanto mais esporte e natureza melhor, então acho que isso é uma incrível oportunidade de vivência. Tudo flui quando tem harmonia no barco, então sempre temos novas experiências”, conta Roberta.

“Podemos sempre comparar situações que vivemos no barco com a nossa vida. Trabalhamos em conjunto na resiliência, tensão e nervosismo. Também fazemos questão de lembrar que as situações sempre vão melhorar quando nos acalmarmos, esses são ensinamentos importantes que nos unem”, diz Alex.

Roberta, Alex, Luca e Guilherme são a família do Áries Foto: Christina Volpe/Webventure

Roberta, Alex, Luca e Guilherme são a família do Áries Foto: Christina Volpe/Webventure

Mesmo com a rapidez e entusiasmo dos pequenos é preciso sempre estar de olho. “Eles querem ajudar em tudo, então precisamos ter conhecimento para dar a função de acordo com o que conseguem”, diz Alex. Além de Guilherme e Luca, o casal também tem um nenê de dois anos. “Ainda não conseguimos trazer ele para as competições, já que os ventos em Ilhabela são muito fortes, mas em breve teremos meia tripulação completa”, diz Alex animado.

Last modified: julho 26, 2018

Christina Volpe
Christina Volpe
Comecei como corredora, depois me tornei jornalista e repórter do Webventure. Hoje sou editora e convivo diariamente com o esporte há 3 anos. Meu coração bate mais forte toda vez que um atleta conquista seu objetivo, um evento acontece e assisto uma competição emocionante. Sempre estou aprendendo e dando meu melhor.