Foto: Pixabay

Trilha de Itatinga

Redação Webventure/ Trekking

A região da Vila de Itatinga pertence a Codesp – Cia Docas do Estado de São Paulo – é utilizada para moradia dos funcionários responsáveis pelo funcionamento da Usina Hidrelétrica de Itatinga, que abastece de energia elétrica o porto de Santos, sendo integrada ao sistema nacional de Energia.

A Vila, construída no início do século pelos Ingleses, tem um estilo muito interessante guardando o mesmo tipo de vida da época de sua fundação. O principal meio de transporte é um pequeno bonde, hoje movido a energia elétrica, que leva os moradores e visitantes do porto da Codesp, junto ao Rio Itapanhaú, até o centro da Vila, com seis km de extensão. Além da estação inicial, três outras completam o percurso.

Interessante notar que até hoje, as pequenas locomotivas a vapor são utilizadas em situações que exigem força para o transporte de equipamentos ou peças de reposição para a Usina de Itatinga.
Tudo este cenário é cercado pela Serra do Mar de um lado, com mata atlântica ainda preservada e o Rio Itapanhaú de outro, impedindo naturalmente assim o grande fluxo de pessoas ao local. As caminhadas são curtas, mas interessantes. Saindo do Centro da Vila podemos atingir em uma hora, piscinas naturais nos afluentes que desaguam no rio, ou cachoeiras que caem da serra em direção ao Mar.

Como Chegar:
A partir de São Paulo, siga pela Rodovia Anchieta, depois a Piaçaguera-Guarujá até o entroncamento, após o pedágio, seguindo à esquerda na Rio-Santos. Antes do trevo da cidade de Bertioga uma ponte sobre o rio Itapanhaú é a indicação para entrar à esquerda, junto a  um posto Shell. Cuidado, faça o retorno em local apropriado, siga a pequena rua de terra até o porto. Lá a balsa faz viagens regulares atravessando os moradores e visitantes.

Horário dos bondes:





















              
Saída da Usina Saída do Porto
——– 07:30 hs
09:45 hs 10:30 hs
12:00 hs 12:30 hs
16:00 hs ——–

Comentários:
Durante um dia, o período que é permitido a presença na Vila de Itatinga, duas caminhadas são interessantes e devem ser feitas. A primeira sai do estação de trem em frente ao Grêmio de Itatinga, seguindo os trilhos passando junto a usina hidrelétrica. Uma trilha sai atrás da usina levando ao rio Itapanhaú , com piscinas naturais, e pequenas quedas d’água, ideal para um banho relaxante.

O segundo trekking também sai da estação, só que em direção contrária, seguindo o trilho de trem voltando ao porto. Logo que passar a primeira ponte sob o riacho, suba à direita e siga a trilha que leva a duas  belíssimas cachoeiras no meio da mata atlântica. No percurso, que é bem demarcado, a floresta guarda características que só a encontramos neste locais. É o ideal para um dia de trekking. As trilhas são fáceis e todos os moradores conhecem o percurso.

IMPORTANTE: É necessário autorização prévia da Codesp, sem a qual não existe possibilidade de adentrar às Terras da Cia.

Autorização: Para pessoa física, enviar solicitação via fax para (13) 234 9335 ou (13) 233 6565 ramal 129

Na solicitação deve constar nome do responsável, com RG e uma declaração de que a excursão não tem fins lucrativos e que os participantes estão cientes que a  autorização da Codesp é totalmente gratuita.

Declaração de conhecer as peculiaridades da região, o ecossistema, a existência de animais peçonhentos e ausência de socorro médico local. Isentar a Codesp de qualquer responsabilidade por acidentes que poderão ocorrer. Depois de solicitá-la a Codesp agendará a data da visita, com uma autorização via fax.

Este texto foi escrito por: Webventure

Last modified: fevereiro 15, 2001

Redação Webventure
Redação Webventure