Foto: Pixabay

Suíça: um país para se visitar com ou sem neve

Arquivo/ Outros, Viagem

Você gostaria de conhecer a Suíça? Então precisa ficar de olho na época do ano, já que em cada estação você encontra um país totalmente diferente. O Webventure conversou com a arquiteta Nilene Falcão que contou como foi sua visita recente ao local. “Com um sistema de governo bem complexo, parece que o país têm três capitais. Em cada cidade reside um dos três poderes: Zurique e Genebra são, para os padrões suíços, grandes cidades, mas não é nesses lugares que você perceberá grandes diferenças entre as temporadas de calor ou frio. Já Berna, a menor e ao meu ver a mais charmosa, pela sua arquitetura composta na maioria por casas de estilo próprio suíço, apresenta essa diferença”, afirma.

Berna Foto: rudi1976/Fotolia Berna Foto: rudi1976/Fotolia

+ Participe do Cross Urbano – Etapa Fortaleza!

Cortada por um rio de água de degelo e dotada por inúmeros chalés-restaurantes, no inverno você vai se deleitar com os chocolates e uma alimentação forte à base de queijos, batatas e bacon (rösti). Vai se divertir na vida noturnas dos bares nos subsolos dos chalés. Para locomoção abuse do transporte público, que dispõe de um trem circular gratuito.

Volte no verão e se surpreenda com os suíços se refrescando, descendo a corredeira verde clara e nem sempre muito mansa do rio Aar em boias feitas de câmara de ar de caminhão, o que já faz de Berna uma grande festa. Escolha se jogar na água ou apenas observar de cima da ponte ou da longa arquibancada, tomando um sorvete que surpreende por conta da qualidade do leite.

Saindo dos circuitos das capitais, a pequena Thun, possui um rio de menor porte mas não menos divertido. Surfistas se aproveitam das ondas e torna-se um espetáculo inusitado. Opte por surfar ou tomar um café ao lado dessa atração, ou andar na roda gigante de onde você avistará toda a arquitetura, inclusive do castelo existente.

Mais ao norte fica Interlaken, a cidade montanhosa possui vários lagos de cor inexplicável. “Escolha entre tracking , esportes náuticos ou passeios de barco. No inverno, a paisagem se transforma totalmente, dando lugar à pistas de esqui e patinação. É lindíssimo”, afirma Nilene.

Thun Foto: ake1150/Fotolia Thun Foto: ake1150/Fotolia

Por toda a Suíça o teleférico, que no verão é um meio de transporte até os restaurantes mais altos, assume o papel predominante na temporada de inverno, trazendo os praticantes de esportes de novo ao topo para descida. Escolha entre esqui, snowboard ou simplesmente uma descida de ludge (trenó individual típico local) ou de boia própria para neve se estiver em família.

Surpreenda-se com o ecoturismo no verão. “A Suíça se descortina e se mostra muito mais rural do que se pode imaginar. As vacas leiteiras estão nos pastos com seus sininhos típicos, as pistas de esqui dão lugar a um montanhismo de encher os olhos”, conta a arquiteta.

Se quiser provar o fondue mais autêntico do país não perca Gruyère. “Na parte medieval há um local cheio de cafés restaurantes e tavernas, que servem a receita milenar do prato feito em autêntico queijo gruyère. Suba até o castelo e volte ao passado. Fora da cidade entre muros é imperdível a visita à loja da fábrica La Gruyère. Uma quantidade absurda de queijos irão deixar os apreciadores perdidos na escolha. Experimente o com “alho de urso” uma plantinha nativa às margens dos rios, de sabor bem semelhante ao alho”, indica Nilene.

Gruyère Foto: RG./Fotolia Gruyère Foto: RG./Fotolia

Passeie a pé entre os vinhedos de Aigle e surpreenda-se com seus vinhos brancos. Encante-se com o festival de balonismo em Chateau d’Oex. “Corte as montanhas de carro ou trem, na neve ou no verão. Se o destino escolhido for Zermatt, faça a viagem até lá no trem com teto transparente e tenha lembranças inesquecíveis das florestas de coníferas. Com neve ou sem, é um espetáculo”, afirma.

Para os menos aventureiros, visite a “Veneza suíça” (Annecy), aproveite para conhecer as cidades do Lac Leman, também conhecida como Lago “de Genebra”. Ao seu redor está o Museu Olímpico de Lausanne, o festival de música de Mountreaux, a Place de Marchè de Vevey com vários bistrôs e muitas lojinhas lindamente decorados no Natal. Visite também a primeira fábrica de chocolate do mundo: a Cailler.

Enfim, na Suíça, entre o verão e inverno, fique com os dois!

Este texto foi escrito por: Gabriel Gameiro

Last modified: setembro 4, 2017

Arquivo