Foto: Pixabay

Polícia recupera objetos de Amyr Klink

Redação Webventure/ Outros

A polícia de Paraty conseguiu recuperar ontem (30/03) parte do equipamento náutico e as fitas da viagem histórica realizada pelo velejador Amyr Klink ao continente antártico. O material, avaliado em R$ 10 mil, havia sido furtado do barco Paratii, na madrugada do último dia 24, um dia depois da chegada de Klink ao Brasil. Os aparelhos e fitas foram encontrados na casa de João Francisco de Carvalho Filho, de 36 anos, o Índio, que foi preso junto com Gilson Lopes da Silva, 20 anos, o Neneco, e o menor P.C.O, 15 anos – também acusados de terem participado do assalto.

Segundo a polícia foram encontrados na casa de Índio uma estação de rádio amador, máquina fotográfica, rádio VHS, aparelho de som digital e as seis fitas digitais com gravações do diário de bordo da viagem, além de imagens produzidas para um documentário sobre a vida do velejador. Continua desaparecido um aparelho localizador por satélite (GPS), onde estão gravados todos os pontos de navegação da expedição.

Este texto foi escrito por: Webventure

Last modified: março 30, 1999

Redação Webventure
Redação Webventure