Foto: Pixabay

O big rider brasileiro Carlos Burle lança clínica de surfe e stand up paddle no Havaí

Redação Webventure/ Destino Aventura, Rafting e canoagem

Burle no Eddie Aikau  tradicional evento havaiano no qual o brasileiro é sempre convidado (foto: Arquivo pessoal)
Burle no Eddie Aikau tradicional evento havaiano no qual o brasileiro é sempre convidado (foto: Arquivo pessoal)

Terra dos surfistas, com ondas gigantes e perfeitas, o Havaí exerce fascínio mesmo em quem não surfa ou rema de stand up paddle. Mas para conhecer na essência o arquipélago localizado no Pacífico, o ideal é dominar uma prancha. Para tanto, o big rider brasileiro Carlos Burle vai dar uma forcinha por meio da Hawaii Experience (www.hawaiiexperience.com.br), clínica de uma semana com base na ilha de Oahu, com aulas diárias de surfe e SUP com o atleta.

Durante a viagem haverá, durante as manhãs, aulas de surfe, SUP e exercícios físicos. Na parte da tarde, o roteiro varia entre ioga, visitas a diferentes picos de surfe, churrasco na praia ou compras no shopping. “É acompanhar a rotina, fazer exercício, ter boa alimentação, tudo em um convívio totalmente informal”, explica ao Webventure o surfista, que acumula mais de uma dezena de títulos mundiais em ondas gigantes.

Mas, apesar da experiência do professor, a clínica não é restrita a pessoas que já surfam. O próprio Burle irá avaliar a condição física e técnica de cada aluno para definir as atividades por lá. Em outras palavras, é ele quem decide se o aluno poderá entrar em ondas maiores ou até mesmo tentar o tow-in (quando o surfista entra de jet-ski nas big waves). “Até para quem está começando do zero, lá é mais fácil de aprender do que no Brasil, pois as ondas são mais fáceis e perfeitas”, diz.

O pacote também é legal para os surfistas jovens, segundo Burle. “Tem o pessoal que já pega onda, principalmente adolescente, que quer ir para o Havaí, mas não na companhia dos pais.” Mas ele emenda: “não temos limites. Levaremos também o pessoal com mais idade, que tem independência financeira, a mãe do atleta ou até o empresário que quer visitar o Havaí com apoio”.

A clínica terá a duração de sete dias, com duas turmas por ano: uma no final e outra no início do ano. A primeira edição já está marcada para o próximo dia 11 de dezembro e a segunda deve ser realizada no início de fevereiro de 2012. Quem se animar com a ideia, precisará desembolsar R$ 6.300, valor que inclui hospedagem e aulas (exceto tow-in), sem transporte aéreo. Inscrições pelo site acima.

Este texto foi escrito por: Pedro Sibahi

Last modified: novembro 1, 2011

Redação Webventure
Redação Webventure