Foto: Pixabay

Veja 9 motivos para conhecer o Paraná

Gabriel Gameiro/ Sem categoria

Vai viajar ao sul do país? Se o seu destino é o Paraná, saiba que você pode conhecer muitos lugares lindos e superlegais! Visite e tenha uma ótima viagem. Confira as dicas:

 

1 – Jardim Botânico (Curitiba)

A estufa principal tem três abóbodas, foi inspirada no Palácio de Cristal de Londres. Ela é totalmente climatizada e abriga espécies da Mata Atlântica, como Caraguatá, Caetê e Palmito. Do seu interior é possível ter uma vista privilegiada do jardim em estilo francês. Outro motivo para conhecer o Jardim Botânico é o Museu Botânico de Curitiba, que tem o 4° maior herbário do país, com mais ou menos 400 mil plantas secas preparadas para coleção botânica.

O Jardim das Sensações é uma área de aproximadamente 200m, onde o visitante pode ter a incrível experiência de caminhar no jardim de olhos vendados, sentindo o chão com os pés descalços, ouvindo o som do vento, das cascatas e aspirando perfume das flores. Além de tudo isso, Jardim Botânico foi eleito uma das sete maravilhas do Brasil.

2 – Lago do Igapó (Londrina)

O Igapó foi inaugurado em 10 de dezembro de 1959, juntamente com a estação de saneamento. É um dos cartões postais de Londrina, uma das áreas de lazer preferidas dos moradores da cidade. Depois de passar um tempo sem muito cuidado, a área foi revitalizada e hoje está conservada e muito bonita. Ao redor do lago há, ainda, uma pista para a prática de caminhada e corrida, com 3,2 km.

3 – Parque Municipal Danilo Galafassi (Cascavel)

Conhecido como Zoológico Municipal de Cascavel, foi inaugurado em 12 de Dezembro de 1978. O zoológico conta atualmente com cerca de 340 animais de aproximadamente 71 espécies, os quais foram adquiridos através de aquisições de outros zoológicos, doações supervisionadas pelo IBAMA, nascimentos no local e apreensão de animais realizada pelo IBAMA e Polícia Florestal.

4 – Planetário de Londrina (Londrina)

Com capacidade para 45 pessoas, o planetário oferece sessões de astronomia e projeção do céu de Londrina. Há sessões para o público adulto e infantil, indicado para crianças de 5 a 12 anos. Também são oferecidos cursos de astronomia.

5 – Passeio cultural pelo centro histórico de Curitiba (Curitiba)

Um ponto que não pode deixar de ser visitado, além do Jardim Botânico, é o Teatro Ópera de Arame. Com uma estrutura de metal tubular erguida sobre um lago, visitantes e turistas encantam-se com a construção. Construído sob uma antiga pedreira, o teatro recebe regularmente peças e manifestações artísticas de grupos teatrais de todo o Brasil.

Aproveite e dê um pulo no Parque das Pedreiras, localizado ao lado do teatro, para caminhar em meio as araucárias e vegetação original da Mata Atlântica. Além disse nesse passeio você visita diversos parques, restaurantes e outros pontos turísticos da cidade.

6 – Museu Oscar Niemeyer (Curitiba)

O MON é um espaço dedicado à exposição de artes visuais, arquitetura, urbanismo e design. Inaugurado em 2002. O projeto é de autoria do reconhecido arquiteto brasileiro que leva seu nome. O Museu Oscar Niemeyer já realizou ao longo deste período mais de 300 mostras nacionais, internacionais e itinerantes. No fim de dezembro de 2013, o museu chegou à marca de 2 milhões de pessoas que visitaram a instituição desde o início da contagem, em 2003.

7 – Cataratas do Iguaçu (Foz do Iguaçu)

Um espetáculo da natureza. É uma das atração turística do Paraná mais visitadas por turistas do mundo todo. As Cataratas são formadas pelas quedas do Rio Iguaçu, na divisa entre o Brasil e a Argentina, recebendo milhares de turistas do mundo inteiro. Além das Cataratas, a cidade de Foz do Iguaçu oferece outras atrações como a Usina de Itaipu, o Parque das Aves, a Tríplice fronteira, e as compras no Paraguai.

8 – Parque Estadual Vila Velha (Ponta Grossa)

Considerado o principal atrativo natural de ponta Grossa, esta Unidade de Conservação é composta por três principais elementos: arenitos, formações rochosas que apresentam formas variadas; furnas, que se caracterizam por grandes crateras com vegetação exuberante, água no seu interior e Lagoa Dourada que possui este nome por ter o fundo misturado com mica, que faz com que suas águas fiquem com uma coloração dourada quando refletem a luz do Sol ao entardecer.

9 – Ilha do Mel (Paranaguá)

O local tem 25 quilômetros de praias que agradam a turistas de vários gostos. Algumas são praticamente desertas, outras têm bastante agito, inclusive à noite e outras são ótimas para a prática do surfe. Para evitar a degradação da ilha não é permitido veículo automotor e de tração animal e o número de visitantes é restrito, não podendo passar de 5.000 pessoas por dia. Não é permitida a visitação em toda a ilha.

Last modified: fevereiro 24, 2017

Gabriel Gameiro
Gabriel Gameiro
Estudante de jornalismo, que caiu no mundo dos esportes por acidente e com o tempo aprendeu a amar. Gosta do que faz e apesar de ainda não ser um corredor ama fazer spinning e cobrir corridas.