Foto: Pixabay

Loja on-line recém-inaugurada revende equipamentos de aventura usados

Redação Webventure/ Corrida de aventura

Logo da nova loja (foto: Divulgação)
Logo da nova loja (foto: Divulgação)

Abrindo uma via inédita no mercado nacional de esportes outdoor, o empresário Antônio Calvo e sua esposa Luiza criaram a Armazém Aventura (www.armazemaventura.com.br), uma loja on-line que revende produtos usados, itens de ponta de estoque e equipamentos novos ou com pequenos defeitos, que não atrapalham no desempenho do usuário.

Antônio conta que se inspirou em uma loja canadense de Canmore, na região das Montanhas Rochosas, e nos bazares que fazia quando ainda era estudante da Universidade Estadual Paulista (SP), em 2000. Depois, ao visitar um dos tradicionais bazares da Outward Bound Brasil, viu que a ideia de vender peças usadas tinha um mercado promissor.

Qualquer pessoa pode colocar um objeto à venda, basta entrar em contato pelo site ou pelo telefone (12) 9788 1837. Há duas possibilidades de negociação. “Se o produto for muito caro, ou estiver desgastado, ele fica exposto no site, mas a venda é consignada, ou seja, o dono original só recebe o valor após a comercialização, e a loja leva uma porcentagem”, explica Antônio. No caso de produtos em bom estado, eles são antes comprados pelo Armazém, que faz a revenda.

No caso dos itens de segurança, como mosquetões de escalada, Antônio garante que os profissionais da loja fazem uma avaliação cuidadosa dos itens. Quando o produto não serve mais para os fins originais, ele coloca um aviso no site. Por exemplo, se uma corda não garante mais a segurança, mas está em bom estado, o produto vem com um alerta e sugestões de uso alternativo, como amarração de equipamentos em veículos.

Os produtos novos vêm direto de lojistas, fabricantes e importadores, que muitas vezes possuem sobras de estoque, de coleções passadas ou com defeitos. “Fazemos um sistema onde todos ganham: o fornecedor desova o produto encalhado, nós fazemos a venda e o cliente paga um preço mais baixo que o normal”, explica Antônio. Ele diz que produtos novos de ponta de estoque podem ser adquiridos com até 30% de desconto, em média. Já itens usados em boas condições com 40% e os mais desgastados com 60%.

Este texto foi escrito por: Pedro Sibahi

Last modified: fevereiro 10, 2012

Redação Webventure
Redação Webventure