Foto: Pixabay

FIA vai cria nova fórmula para o Mundial de rali

Redação Webventure/ Offroad

Madri – O Rali da Córsega, que começa nesta sexta (07/05), vai estrear um novo e polêmico formato no Mundial da modalidade. Na sexta etapa do campeonato, o último trecho cronometrado será transmitido pela TV e dele poderão participar até os pilotos que abandonaram a corrida. Esse trecho especial repartirá 3, 2 e 1 pontos para os três
primeiros classificados. Assim, um piloto pode sair do Rali da Córsega com o máximo de 13 pontos, desde que ganhe a corrida e essa especial.

Os pilotos consideram a fórmula injusta, alegando que serve apenas para desvirtuar o resultado da corrida. O sistema supõe que um piloto que, por exemplo, tenha abandonado a corrida possa disputar a especial e ganhar os mesmos (três) pontos que um piloto que completou os 17 trechos (376 km contra o relógio) em quarto lugar.

Antes desse trecho será feito um reagrupamento. Os dez primeiros da classificação geral do rali largarão em ordem inversa em busca dos pontos “presenteados” pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo). Neste ano, além da Córsega, essa fórmula será aplicada no Rali da Finlândia. Se a FIA aprovar o resultado, decidirá se no próximo ano a novidade chegará a todas as corridas.

Este texto foi escrito por: Webventure

Last modified: maio 6, 1999

Redação Webventure
Redação Webventure