Foto: Pixabay

22 de março, o Dia Mundial da Água

Eduardo Andreassi/ Natureza

Hoje comemoramos o Dia Mundial da Água. A data é usada para gerar uma reflexão mundial acerca do uso deste bem

Hoje comemoramos o Dia Mundial da Água. A data é usada para gerar uma reflexão mundial acerca do uso deste bem 

Este ano o Dia Mundial da Água foca-se no tema da ″valorização da água″  e sobre como as pessoas valorizam a água para todos os seus usos. 

22 de março, o Dia Mundial da Água - Webventure
Foto: Eduardo Andreassi

O Dia Mundial da Água é comemorado, todos os anos, no dia 22 de março. A data foi sugerida na Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento de 1992, e passou a ser comemorada em 1993.

O Brasil é rico em água e detém aproximadamente 12% da água doce do planeta. Porém, é um dos que mais desperdiçam esse precioso líquido, talvez por tê-lo em abundância na maioria do país, talvez por falta de informação de que ele não é infinito ou falta de cultura própria mesmo (costumes). Mas em algumas regiões do país, é preciso andar léguas, cavar poços e tirar de cactos para tentar encontrar o líquido vital para a sobrevivência das espécies.

Em alguns lugares do mundo, devido a fenômenos naturais e ao aquecimento global, a falta de água já preocupa Governos e população. Não indo muito longe, o Peru, país vizinho ao Brasil, já enfrenta problemas quanto ao abastecimento de água em Lima.O tema é complexo, mas o certo é que aqui e agora devemos nos conscientizar da importância da água em nossas vidas.

O ser humano é capaz de sobreviver muitos dias sem comida. Mas sequer vive sem água, afinal, nosso corpo é constituído de 70 a 80% de água. E pasmem: 70% da Terra é constituída por água, mas apenas 2,2% do recurso está disponível na superfície do planeta para ser usado pelo homem.

22 de março, o Dia Mundial da Água - Webventure
Foto: Eduardo Andreassi

Segundo a ONU, se não houvesse tanto desperdício e poluição no mundo a quantidade seria suficiente para que toda a população vivesse de forma digna. Atualmente, 1,2 bilhões de pessoas no mundo não têm acesso à água potável e segundo a OMS, até 2025, serão cerca de um terço da população mundial.

Na declaração Universal dos Direitos da Água, criada pela ONU, dentre as principais abordagens estão:
– Que devemos ser responsáveis com a economia de água, pois essa é condição essencial de vida;
– Que ela é um patrimônio mundial e que todos nós somos responsáveis pela sua conservação;
– Que a água potável deve ser utilizada com economia, pois os recursos de tratamento são ainda lentos e escassos;
– Que o equilíbrio do planeta depende da conservação dos rios, mares e oceanos, bem como dos ciclos naturais da água;
– Que devemos ser responsáveis com as gerações futuras;
– Que precisamos utilizá-la tendo consciência de que não devemos poluí-la ou envenená-la;
– Que o homem deve ser solidário, evitando o seu desperdício e lutando pelo seu equilíbrio na natureza.

Não há meio termo ou substância alternativa. Ou nos conscientizamos ou nossos futuros netos e bisnetos irão viver no caos.

Last modified: março 23, 2021

[fbcomments]
Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Jornalista e fotojornalista, trabalha também com Comunicação e Assessoria de Imprensa, sendo que parte do tempo trabalha no Brasil e outra na Itália, onde tem parceria com o Governo da Toscana. Trabalha com Fotografia/Jornalismo/Comunicação - desenvolve um trabalho sobre Turismo – regiões, parques, atrações, hotelaria, gastronomia local, festas populares e demais assuntos relacionados, praticando acervos fotográficos ou pautando, cobrindo e divulgando nos portais e jornais. Atualmente tem como parceiros as Lojas Mundo Terra