Foto: Pixabay

Daniel Oliveira/ Flavio França vencem nos carros no primeiro dia do Rally RN 1500

Redação Webventure/ Offroad

Daniel e Flavio vencem especial (foto: Thiago Padovanni/ www.webventure.com.br)
Daniel e Flavio vencem especial (foto: Thiago Padovanni/ www.webventure.com.br)

Direto de Currais Novos (RN) – O jovem Daniel Oliveira desbancou os favoritos e venceu a primeira especial do Rally RN 1500, que aconteceu durante o dia de hoje entre Natal e Currais Novos. Ao lado do navegador Flavio França, a dupla completou os 77 quilômetros de trecho cronometrado em 1h03m44. “A pista estava escorregadia e o navegador gritou muito. Não estava tão pesado quanto falaram. Sempre é bom começar com o primeiro lugar, mas não esperava esse resultado. Agora é administrar o restante dos dias”, disse o piloto.

Na segunda colocação ficou Marcos Moraes/ Du Sachs. “Foi muito bom o dia de hoje, uma especial gostosa com muita lama. O começo foi bem seco e, a partir do quilômetro 20, ficou molhado, mas não pegamos chuva”, comentou Sachs, que também relatou um “susto”, já que o carro de Daniel e Flavio, em uma tentativa de ultrapassagem, acabou tocando no carro da dupla. Em terceiro, Luiz Facco/ Wallace Schmidt.

O trecho de hoje teve muita lama, pedras soltas e erosões, o que dificultou muito a pilotagem nos carros. Diversas poças e riachos estiveram presentes em várias partes do percurso. Outra característica marcante foi a presença do público durante toda a especial. Os moradores dos pequenos sítios e vilas ao longo da especial não deixaram de acompanhar a competição desde cedo.

Pequenos problemas – Acostumado a andar pela região e considerado um dos favoritos para levar o título da prova, o cearense Riamburgo Ximenes enfrentou pequenos problemas na especial de hoje e terminou o dia na quinta colocação. “Disseram no briefing que a prova seria muito pesada, perigosa, muita erosão, então fomos um pouco conservadores”, comentou. Ele e o navegador Stanger Eller, encontraram duas porteiras fechadas e o esguicho do pára-brisa não funcionou. “Não podemos ter esses problemas no final da prova, mas ainda dá para recuperar”, disse.

Outra dupla que teve problemas foi Roberto Reijers/ Rogério Almeida, que tiveram o diferencial quebrado logo no início da disputa. O carro foi rebocado e o reparo será feito durante a noite para que eles possam seguir na competição.

“A planilha estava muito boa e o pessoal que fez o levantamento está de parabéns. Tem até referências demais na planilha, mas sei que é visando a segurança. A chuva deu uma emoção a mais e fechamos o dia com chave de ouro”, comentou Flavio França.

Este texto foi escrito por: Thiago Padovanni

Last modified: maio 1, 2008

Redação Webventure
Redação Webventure