Foto: Pixabay

Volvo Ocean Race faz ação de limpeza das praias em Itajaí

Velejadores participam de mutirão nas praias catarinenses. Cidade também promoveu festival de surfe com pranchas feitas de garrafas pet.

As ações voltadas ao meio ambiente da Volvo Ocean Race ganharam destaque neste domingo (15), em Itajaí (SC), que recebe mais uma etapa da regata de Volta ao Mundo. Velejadores participaram de uma ação visando acabar com a poluição nos mares, uma bandeira da organização. A iniciativa chamada de Limpeza da Praia – Combate ao lixo no mar. Mais de 100 pessoas participaram do mutirão na Praia do Atalaia, ajudando a retirar resíduos da praia, principalmente plástico e micro-partículas que acabam com a saúde marinha.

Limpeza da praia - Combate ao lixo no mar é a iniciativa da competição para limpeza de praias. | Foto: Pedro Martinez/Volvo Ocean Race

Limpeza da praia – Combate ao lixo no mar é a iniciativa da competição para ajudar o meio ambiente marítimo. | Foto: Pedro Martinez/Volvo Ocean Race

”Viemos nessa praia de Itajaí hoje e no início parecia limpa, isso até a gente começar a procurar. Nós achamos lixos pequenos. Foi achado até restos de balões de festa, o que não faz nada bem, só mal!”, contou a velejadora Dee Caffari, comandante do Turn The Tide On Plastic.

O mutirão foi organizado pelo Instituto Eco Surf e o projeto Somos do Mar com apoio da Fundação do Meio Ambiente de Itajaí (Famai) e outros parceiros. Também ocorreu o 1º Festival de Pranchas de Garrafas Pet de Itajaí.

Outro velejador que participou da ação foi Simon Fisher, que está em sua quarta edição da regata de volta ao mundo e foi campeão uma vez.

“Fizemos surfe e depois uma limpeza de praia para aumentar a conscientização sobre a poluição do plástico”, disse o britânico Simon Fisher, navegador da Vestas 11 Hour Racing. “Assim que você chega à areia, descobre que há muitos pedaços pequenos de plástico. É bastante chocante!”.

O município cedeu toda a estrutura para a limpeza, como sacos de lixo, luvas e caçambas para recolhimento de resíduos. Outra iniciativa ambiental é o Veleiro ECO, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), primeiro do Brasil desenvolvido para expedições e pesquisas oceanográficas.

Quer outro evento topissímo para correr na terra da 8º etapa da Volvo? Mountain Do 2018 – Praia do Rosa!

Na quarta-feira (18), com a presença da brasileira Martine Grael, ocorrerá o Seminário Técnico-Científico “O futuro dos Oceanos: combate ao lixo no mar”. O evento é gratuito e terá assinatura de protocolo de intenções do município com a campanha global “Clean Seas”, em português: “#MaresLimpos” das Nações Unidas.

Enquanto isso, na Vila da Regata de Itajaí, as cinco equipes que chegaram já fizeram reparos em seus veleiros com a ajuda do estaleiro oficial do evento, chamado de The Boatyard. O Turn The Tide On Plastic, por exemplo, até instalou o mastro.

A partir desta semana, os barcos voltam para água para fazer os primeiros treinos. A programação oficial de regatas inclui a In-Port Race, na sexta-feira (20), e a largada para Newport (Estados Unidos), no domingo (22).

Segundo os organizadores locais, a Vila da Regata ultrapassou 200 mil pessoas neste domingo (15). A previsão é que esse número dobre após a largada da oitava etapa da regata Volvo Ocean Race.

Last modified: abril 16, 2018

Redação Webventure
Redação Webventure