Foto: Pixabay

Toscana – uma região rica em cultura, beleza e gastronomia

Eduardo Andreassi/ Destino Aventura, Dicas de viagem, Europa

Quando pensamos em Itália, uma das primeiras coisas que vem à mente são suas paisagens deslumbrantes, arquitetura que atraem estudiosos e curiosos até os dias de hoje e sua gastronomia inigualável.

Lucca, Toscana Foto: Eduardo Andreassi

Lucca, Toscana Foto: Eduardo Andreassi

Se citarmos Toscana então, não há quem não se deixe levar pela vista extasiante, sua rica história e tradições, um povo hospitaleiro e do mesmo modo uma gastronomia que dá água na boca.

A culinária local é uma atração à parte - Na Toscana Foto: Eduardo Andreassi

A culinária local é uma atração à parte – Na Toscana Foto: Eduardo Andreassi

Pois é exatamente na Toscana que encontramos a “nata” das melhores e mais famosas  vinícolas no mundo inteiro – que foram passadas de geração em geração e permanece nas famílias e com o mesmo processo de elaboração até os dias de hoje – deliciosos queijos e salames que harmonizam muito bem com a bebida de Baco, massas que somente os italianos sabem fazer e seus maravilhosos “dolci” (doces), que vão bem com vinhos, café ou outra bebida qualquer.

Uma das vinícolas - Região da Toscana - Vinhos - (Torrenieri, Montalcino e Pienza) Foto: Eduardo Andreassi

Uma das vinícolas – Região da Toscana – Vinhos – (Torrenieri, Montalcino e Pienza) Foto: Eduardo Andreassi

As cidades e comunidades medievais de Siena, Gaiole in Chianti, San Gimignano, Montalcino, Lucca, San Quirico d’Orcia e Pienza   – tombadas pela UNESCO e algumas delas pertencentes ao Vale D’Orcia  – produzem os mais de 200 tipos de rótulos diferentes de vinhos feito por pequenos produtores, fazendo com que isso ajude a manter a qualidade de seus vinhos. Seus queijos, o azeite, o salame de Cinta Senese  e outros contribuem para essa grande qualidade gastronômica que a região possui. Doces tradicionais, massa e até sorvetes sacramentam definitivamente a fama da Toscana.  Estamos falando tradições seculares!

San Gimignano é uma cidade da região da Toscana que produz vinho Foto: Eduardo Andreassi

San Gimignano é uma cidade da região da Toscana que produz vinho Foto: Eduardo Andreassi

Acordar logo cedo e se deparar com um cenário desses…

Montalcino Foto: Eduardo Andreassi

Montalcino Foto: Eduardo Andreassi

É de tirar o fôlego de qualquer um, convidando-nos a caminhar por suas vielas cheias de histórias de séculos passados. A cada parada uma nova experiência e um novo aprendizado, afinal há muito a ser visto e vivido nessa linda região da Toscana.

Parreiras, região Região da Toscana - Vinhos - (Torrenieri, Montalcino e Pienza) Foto: Eduardo Andreassi

Parreiras, região Região da Toscana – Vinhos – (Torrenieri, Montalcino e Pienza) Foto: Eduardo Andreassi

Em seus “negozi” da região (lojas) – o café italiano é servido em uma dose muito pequena, porém tão saboroso quanto os doces de nomes desconhecidos – são doces da região e muito deles seculares -, seus queijos e salames maravilhosos, que harmonizam muito bem com os famosos vinhos da região – Orcia, Brunello de Montalcino.

O Duomo di Siena é magnífico por fora e ainda mais por dentro! Construído entre 1220 e 1370 entre o estilo românico ao gótico Foto: Eduardo Andreassi

O Duomo di Siena é magnífico por fora e ainda mais por dentro! Construído entre 1220 e 1370 entre o estilo românico ao gótico Foto: Eduardo Andreassi

Ahh, seus vinhos. Por onde andamos vimos vinhedos e olivais espalhados por toda a região. Mundialmente conhecidos devidos à qualidade, seja nas cantinas, nas vinícolas ou mesmo nas lojas, você irá experimentar um dos melhores e mais tradicionais vinhos do mundo. Não estranhe se por momentos sentir-se na era Medieval, um Pelegrino dos anos 500D.C, caso visite a San Quirico Val D’Orcia – uma pitoresca aldeia situada em uma colina no Val d’Orcia  a 45 km de Siena e perto de Pienza, Montalcino e Montepulciano.

Nas vinícolas, fermentação e armazenamento do vinho Foto: Eduardo Andreassi

Nas vinícolas, fermentação e armazenamento do vinho Foto: Eduardo Andreassi

Não poderíamos cometer a heresia e deixar de falar nos vinhos mais tradicionais e conhecimentos no mundo inteiro, que por si só dispensam apresentações.

San Quirino D'Orcia Foto: Eduardo Andreassi

San Quirino D’Orcia Foto: Eduardo Andreassi

Da mesmíssima região, saem néctar dos Deuses como o Andrea Costanti , Badia a Coltibuono, Fontaleoni, Biondi Santi , Sasso di Sole, Capitoni Marco e Cantina di Montalcinouma cooperativa com seus mais de 200 Brunellos diferentes.

Parreiras carregadas - Região da Toscana - Vinhos - (Torrenieri, Montalcino e Pienza) Foto: Eduardo Andreassi

Parreiras carregadas – Região da Toscana – Vinhos – (Torrenieri, Montalcino e Pienza) Foto: Eduardo Andreassi

Também não poderíamos deixar de destacar a Gelateria Dondoli, considerado por vários anos consecutivos como o melhor sorvete do mundo – 2006/2007/2008 e 2009.

Sorveteria Dondoli em San Gimignano - Considerado DUAS vezes o melhor sorvete do mundo Foto: Eduardo Andreassi

Sorveteria Dondoli em San Gimignano – Considerado DUAS vezes o melhor sorvete do mundo Foto: Eduardo Andreassi

Seu proprietário, Sergio Dondoli é o mestre-sorveteiro da “Gelateria di Piazza“, localizada na Piazza della Cisterna em San Gimignano, conhecida em todo o mundo e visitada por um grande número de famosos e celebridades. Tem sempre uma fila enorme na porta!

Sorveteria Dondoli em San Gimignano - Considerado DUAS vezes o melhor sorvete do mundo Foto: Eduardo Andreassi

Sorveteria Dondoli em San Gimignano – Considerado DUAS vezes o melhor sorvete do mundo Foto: Eduardo Andreassi

Fechando com chaves de ouro, temos o famoso e tradicionalíssimo Pici – de origem medieval eToscana, pode receber outros nomes em regiões diferentes da Itália, como Umbricelli, Stringozzi,bigoli, mas o modo de preparar é o mesmo. Ela é feita com farinha de trigo, água, sal e não leva ovos como a maioria das massas italianas. Trabalhada à mão, é enrolada feito uma massinha com resultado final bem rústico e espessuras diferentes. Delicioso!

Pici, massa de origem dos Etruscos. Na Itália, foram encontrados sinais deste tipo de alimento em frescos etruscos do século IV a.C Foto: Eduardo Andreassi

Pici, massa de origem dos Etruscos. Na Itália, foram encontrados sinais deste tipo de alimento em frescos etruscos do século IV a.C Foto: Eduardo Andreassi

E ao contrário do que muitos pensam e muitos outros desconhecem, explorar a Toscana é algo possível de ser feito em qualquer época do ano, afinal a riqueza e a variedade do ambiente proporcionam oportunidades únicas.

Estradas na Toscana Região da Toscana - Vinhos - (Torrenieri, Montalcino e Pienza) Foto: Eduardo Andreassi

Estradas na Toscana Região da Toscana – Vinhos – (Torrenieri, Montalcino e Pienza) Foto: Eduardo Andreassi

É aconselhável a locação de um automóvel para locomover-se entre as cidades, porém se quiser mesmo vivenciar tudo isso, ande muito de ônibus e a pé. Somente assim poderá ter um contato mais direto com o povo italiano e entender o porquê a Itália sempre nos encanta.

Interiores E Detalhes De Palazzo Pubblico, Siena, Itália Foto: Eduardo Andreassi

Interiores E Detalhes De Palazzo Pubblico, Siena, Itália Foto: Eduardo Andreassi

Dicas
Experimente vivenciar tudo isso com o Agroturismo, algo muito comum nesta região. Muitas dessas vinícolas oferecem esse serviço.

Região de San Gimignano- Vinhos e vinícolas Foto: Eduardo Andreassi

Região de San Gimignano- Vinhos e vinícolas Foto: Eduardo Andreassi

Alugue um automóvel. Ainda que você se desloque de ônibus ou trem das grandes cidades até essas regiões, somente com um carro você poderá tirar o máximo proveito em seu passeio.

San Gimignano, Toscana Foto: Eduardo Andreassi

San Gimignano, Toscana Foto: Eduardo Andreassi

Agora, é só planejar, realizar e vivenciar um pouco da Toscana!

Serviços
Apoio Toscana Promozione Turistica
Via Vittorio Emanuele II, 62-64
50134 Firenze
+39 055 462801
toscanapromozione@postacert.toscana.it

Last modified: outubro 30, 2018

Eduardo Andreassi
Eduardo Andreassi
Jornalista e fotojornalista, trabalha também com Comunicação e Assessoria de Imprensa, sendo que parte do tempo trabalha no Brasil e outra na Itália, onde tem parceria com o Governo da Toscana. Trabalha com Fotografia/Jornalismo/Comunicação - desenvolve um trabalho sobre Turismo – regiões, parques, atrações, hotelaria, gastronomia local, festas populares e demais assuntos relacionados, praticando acervos fotográficos ou pautando, cobrindo e divulgando nos portais e jornais. Atualmente tem como parceiros as Lojas Mundo Terra