Foto: Pixabay

São José do Barreiro é paraíso para os apaixonados por ecoturismo

Quem busca uma viagem cheia de locais históricos e muita natureza, pode escolher sem medo São José do Barreiro. A pequena cidade parece mais um bairro para moradores de cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, já que pode ser percorrida praticamente toda a pé e a maioria das ruas é de paralelepípedo.

Localizada no pé da Serra da Bocaina, o que traz ainda mais variedade de passeios para o local, a cidade conta com pontos turísticos históricos como a Igreja da Matriz na praça central de “Barreiro”, como é chamada pelos moradores.

Confira alguns pontos que valem a pena visitar

1. Igreja da Matriz
Sua construção terminou em 1881, com arquitetura neoclássica possui duas torres, portas e janelas em arcos inspirados na canga de bois com forte influência mineira. Em seu interior encontra-se a incrível imagem de Nossa Senhora de Soledade, feita em madeira em tamanho natural, vinda de Portugal, trazido através da “Trilha do Ouro”.

Em sua Capela mor, dormem os restos mortais dos Fundadores de São José do Barreiro, Coronel João Ferreira de Souza e sua Esposa, D. Maria Rosa de Jesus e em uma das capelas laterais, os restos mortais de Cônego Benedito Gomes França.

Foto: Divulgação Foto: Divulgação

2. Centro da cidade
Pequeno, porém aconchegante. A cidade conta com uma praça principal onde se encontra a Igreja principal e alguns estabelecimentos como sorveteria, café e restaurantes, todos bem típicos e em construções antigas. Também é possível ver casas feitas depau a pique.

Se você passar uma semana frequentando os estabelecimentos já será bem conhecido entre os comerciantes, simpatia e simplicidade não faltam.

3. Fazendas históricas

O que não faltam são fazendas antigas e cheias de história (e comida boa). Entre elas a Fazenda São Francisco, da Barra, São Benedito e Fazenda Lajeado, nesta última a comida é caseira, no forno a lenha e deliciosa. É possível agendar o almoço no dia de visitação a cachoeira Santo Izidro no Parque Nacional da Serra da Bocaína, assim o visitante pode passar a manhã na cachoeira e fazer a refeição na charmosa e aconchegante fazenda, que também possui hospedagem em quartos e camping.

Inscreva-se no Mountain Do Praia do Rosa!

Pousada São Francisco Foto: Divulgação Pousada São Francisco Foto: Divulgação

A Fazenda Pau D’alho também famosa na região, infelizmente está fechada para visitação. Ela está localizada há poucos quilômetros da entrada da cidade e ficou muito famosa por ter recebido D. Pedro I que em viagem anterior a Independência do Brasil, foi recebido com um grande almoço.

4. Cachoeiras na zona rural

Para os apaixonados por água, não há locais mais relaxantes que as cachoeiras e a cidade conta com diversas opções como o Cachoeirão, Cachoeira da Usina, Cachoeira da Mata, balneário Água Santa e Cachoeira da Esmeralda.

O acesso a Cachoeira da Usina é bem tranquilo e há possibilidade de fazê-lo de carro, caminhando apenas em uma pequena trilha. Com duas quedas essa é uma ótima opção.

Foto: Divulgação Foto: Divulgação

5. Parada do queijo

Também há poucos metros da entrada da cidade, a parada do queijo é ponto para quem quer saborear os melhores queijos e manteigas da região. A recepção é feita por uma senhora dona do local, sempre simpática e cheia de histórias, a visita fica ainda mais especial.

6. Alto da Serra

Não tem como visitar a cidade sem subir a Serra. Com 23 quilômetros de extensão, a estrada que antigamente só podia ser enfrentada com carros 4×4, hoje recebe carros dos mais diversos tamanhos e tipos. Com boa parte asfaltada é possível ver paisagens incríveis e parar em pontos como a Casa de Pedra, Cachoeira do Paredão e a Rampa de Voo Livre, que tem uma vista espetacular.

Rampa de Voo Livre Foto: Divulgação Rampa de Voo Livre Foto: Divulgação

8. Parque Nacional da Serra da Bocaina

E no alto da Serra é possível visitar o Parque Nacional da Serra da Bocaina, o local abriga cachoeiras incríveis, entre elas a Santo Izidro, que fica praticamente 1,5 quilômetros de caminhada da entrada do parque e possui 50 incríveis metros de altura.

Cachoeira de Santo Izidro no Parque Nacional da Serra da Bocaina Foto: Divulgação Cachoeira de Santo Izidro no Parque Nacional da Serra da Bocaina Foto: Divulgação

Este texto foi escrito por: Christina Volpe

Last modified: janeiro 23, 2017

Arquivo