Foto: Pixabay

Prepare seus casacos e desbrave o desconhecido Polo Sul

Redação Webventure/ Destino Aventura, Expedições, Fotos online

Cada vez mais aventureiros buscam áreas intocadas para viver novas experiências e nada melhor do que o último continente a ser descoberto, para realizar esse desejo de se aventurar no desconhecido.

A Antártida carece de população e devido a suas condições extremas de temperatura, e nunca chegou a receber uma grande política de povoamento. Por essas e outras que sua natureza é completamente intocada pelo homem.

Desafie-se na Quarta Corrida de Obstáculos The Strongs

Foto: Samuel Charles/CC BY-ND 2.0 Foto: Samuel Charles/CC BY-ND 2.0

É importante saber que a região funciona sob um tratado assinado por 12 nações, afim de regulamentar as atividades na área, com o intuito de reconhecer que o futuro do continente é de interesse geral para toda a humanidade. Sendo assim, as atividades no continente foram totalmente dedicadas a pesquisas, funcionando como um laboratório natural. Estes países se comprometeram a preservar o ecossistema e não realizar explorações econômicas na região.

Muitos lugares ainda são inacessíveis devido aos mares desconhecidos, geleiras e tempestades de neve. Por isso, áreas como as Ilhas Shetland do Sul e a costa ocidental da península Antártica são as mais comuns quando se trata de turismo.

Você sabia?

Antártida é o nome próprio e antártico (ou antártica), o adjetivo a ele correspondente.

Não espere encontrar restaurantes ou qualquer resquício de civilização, a região tem como pontos turísticos gélidas montanhas, geleiras, vulcões e animais selvagens.

Foto: Ansilta Grizas/CC BY-ND 2.0 Foto: Ansilta Grizas/CC BY-ND 2.0

As viagens no ponto mais ao sul do planeta também são restringidas pelo tratado, por isso turistas não podem dormir em terras do continente. Isso faz com que a melhor forma de conhecer o lugar seja participando de cruzeiros pela região.

A dica é estender o passeio para as Ilhas Malvinas, que além de cenário da histórica guerra entre Argentina e Inglaterra possuem uma das mais ricas faunas marinhas do mundo.

Os cruzeiros especializados nestas viagens são completamente designados para entretenimento, diferente das embarcações polares que tem como destino as bases científicas. Dois portos possuem navios com destinos casuais para a Antártida o de Punta Arenas (Chile) e Ushuaia (Argentina).

Foto: JohnS199/CC BY 2.0 Foto: JohnS199/CC BY 2.0

As expedições geralmente duram entre 7 até 12 dias, com os seguintes itinerários

Península Antártica – Visita nas regiões da península, que é a área mais próxima ao continente Sul Americano.

Foto: 23am.com/CC BY 2.0 Foto: 23am.com/CC BY 2.0

Península Antártica e Ilhas Shetland – A partir de avião, a partir de Punta Arenas.

O turista também pode optar por cruzeiros, que incluem passeios as Ilhas Malvinas, Ilhas da Geórgia do Sul e Antártida.

Foto: David Stanley/CC BY 2.0 Foto: David Stanley/CC BY 2.0

Este texto foi escrito por: Gustavo Mazzucchelli

Last modified: outubro 20, 2016

Redação Webventure
Redação Webventure