Foto: Pixabay

Práticas de baixo impacto para a natureza

O uso dos caminhos:

1. Sair em grupos pequenos. Os grupos grandes geram maior impacto que vários pequenos separados entre si.

2. Caminhar em fila sem sair do caminho. Caminhar disperso usando a borda do caminho, aumenta a erosão.

3. Evitar caminhar sobre solo molhado. O solo carregado de água é mais suscetível à deterioração.

4. Não caminhar com mascotes como cães ou gatos. Eles podem alterar a fauna local.

5. Manter baixo o nível de ruído. Os ruídos estranhos, alteram o comportamento da fauna e atrapalham pedidos de socorro. Melhore a qualidade da sua experiência na natureza.

6. Não cortar caminho nas curvas de nível. Andar por linhas de máxima pendente produz um alto grau de erosão do solo.

7. Fazer os descansos fora da picada e em lugares com pouca vegetação. Fazer os descansos sobre a picada obriga a outros caminhantes, a sair da mesma para passar pelo lugar.

8. Traga todo o lixo produzido de volta, separando e destinando a um lugar onde possa ser reciclado.

9. Em hipótese alguma abra novos caminhos, dê o direito ao próximo de estar em um local sem interferência. Todos os cumes da serra já foram subidos, não seja apenas mais um, mas sim aquele que foi gostou e não causou impacto. NÃO CORTE A VEGETAÇÃO

Em zonas de acampamento:

1. Acampar em lugares permitidos e em zonas livres muito freqüentadas, em lugares bem compactados.

2. Em lugares pouco freqüentados só acampar em locais livres de vegetação.

3. Nunca acampar em lugares ligeiramente compactados.

4. Sempre que possível faça bivaque.

5. Usar fogareiro em lugar de fogo.

6. Eleger um lugar suficientemente grande para o grupo.

7. Não construir estruturas de nenhum tipo.

8. Em zonas de acampamento usar calçado de sola macia como sapatilhas ou alpargatas.

9. Evitar o pisoteio de vegetação.

10. Lavar panelas, pratos e roupas somente com sabão branco e longe dos córregos de água, utilizando um recipiente.

11. Usar os banheiros se existirem, na falta, ir ao banheiro a mais de 50 metros dos cursos de água e enterrar os dejetos pelo menos um palmo.

Em zonas onde não existam picadas:

1. Dispersar as atividades e não caminhar em fila. Caminhar em fila onde não existe picada, deteriora o solo.

2. Eleger zonas de superfícies duráveis, como rocha, cascalho ou cursos de rios.

3. Eleger as zonas de acampamento em locais duráveis, livres de vegetação.

4. Disperssar as atividades quando se acampa.

5. Eliminar todas as evidências de acampamento antes de deixar o local.

RECICLE SUAS ATITUDES, SEJA CORRETO E DÊ O EXEMPLO, COMECE AGORA!!

Este texto foi escrito por: Webventure

Last modified: julho 9, 1999

Redação Webventure
Redação Webventure