Home / Conteúdo / Notícia

Notícias

Por Webventure | 30/03/2000 - Atualizada às 16:47

Tome cuidado com as fitas e expressas

Quantas fitas você detona por temporada? Elas duram bastante com você? Não importa. Mas imagine um situação de risco em que você dependa de uma boa fita. Agora imagine como esta situação ficaria estritamente perigosa se suas fitas estivessem em mau estado de conservação . É o que pode acontecer quando há negligência como cuidado de nosso equipamento.

Abaixo, você verá como suas fitas e expressas durem mais e estejam sempre em boas condições que realmente precisar delas:

Escolha a fita certa

Resista à tentação de comprar aquela “fita baratinha” para montar suas solteiras. Prefira fitas mais parrudas e duras, a menos que sejam feitas de Aramid, Spectra ou Dyneema.

Cuidado com os nós

Não são práticos, mas reduzem muito a capacidade de carga da fita. Em expressas, prefira fitas costuradas e evite as costuradas em casa (aquelas sem nenhum critério de segurança).Antes de usar uma solteira amarrada, confira o nó com atenção.

Cuidado com a Spectra

As fitas mais fortes possuem algumas incoveniências. Não resistem bem aos raios UV e tem pouca resistência ao calor gerado por atrito. Portanto, cuidado com Spectras roçando em cordas ou em outras fitas, elas podem se romper com facilidade.

A sujeira mata

Não deixa que suas fitas fiquem sujas. Os pequenos grãos de areia penetram nas fibras e cortam tudo por dentro. Lave as fitas com água corrente, sem nenhum tipo de sabão. E não as utilize enquanto estiverem úmidas. O nylon perde resistência quando molhado.

Cuidado com os outros equipamentos

Ao arrumar sua mochila, tente evitar que os outros equipamentos (como material móvel) esgarcem as fitas. O ideal é guardá-las separadamente em uma bolsa, para que fiquem protegidas.

Use o “String”
A Petzl (marca de produtos de montanhismo) possui um pequeno acessório, o “String”, que protege as expressas do desgaste ocasionando pela pedra. É uma pequena peça de borracha que veste as pontas das fitas e também segura o mosquetão no lugar. Você pode montar seus próprios “Strings”, gastando muito pouco.

Você irá precisar: de 1 câmara de ar de bicicleta e de 1 tesoura. Siga os passos:
1 - Corte um pedaço da câmara de ar com 4 cm de comprimento e 1,5 cm de largura;
2 - Faça 3 furos na borracha (pedaço cortado);
3 - Passe a ponta da expressa no furo do meio;
4 - Dobre as “abas” da borracha para cima, alinhando com o vão da expressa onde passa o mosquetão.
5 - Passe o mosquetão na expressa e nos dois furos das extremidades. Tudo deve ficar sob pressão.

Pronto! Suas expressas durarão muito mais e estarão sempre prontas para o pior.

Relacionadas

Comentários

Publicidade

Publicidade