Foto: Baikal360/Fotolia

Snowboard: conheça o esporte e as modalidades para participar

Gabriel Gameiro/ Outros, Viagem, Vida ao Ar Livre

No ano 1968, em Michigan – Estados Unidos, aconteceu a primeira competição de snurfer (o nome que a prática tinha na época), nada mais era do que uma descida em linha reta sob uma prancha na neve. Com tanto sucesso, várias pessoas começaram a aprimorar o equipamento com novos desenhos, pranchas, calçados e fixadores. Dimitrije Milovich, surfista e fã de esqui, começou a desenhar pranchas de snowboard em 1969, integrando o poliéster à madeira. Nasceu assim a Winterstick, com o comprimento de um esqui, mas três vezes mais larga e sem fixadores, como o snurfer.

Foto: anatoliy_gleb/Fotolia

A prancha sofreu muitas alterações desde sua primeira versão até a que conhecemos hoje Foto: anatoliy_gleb/Fotolia

Nos anos seguintes, muitas empresas de construção de pranchas nasceram, incluindo materiais como a fibra de vidro e desenhos diferentes.  Foi com Jeff Grell que elas ganharam as primeiras fixações, já no fim da década de 70, fazendo com que as provas de snowboard evoluíssem em velocidade. Para começar a praticar com segurança, a primeira coisa que você deve fazer é se equipar corretamente. Para os iniciantes, as estações de esqui oferecem tudo para locação (macacões, calças, jaquetas, capacete, prancha, óculos, luvas, presilhas e botas).

Participe da Braves Trail Run 2017. Clique aqui e inscreva-se!

Depois que você já estiver acostumado com a prancha, aí sim pode abrir o bolso e investir no equipamento completo. Vale lembrar que os materiais e equipamentos foram fabricados com alta tecnologia, para te dar conforto e segurança na neve, então não tente usá-los em outros terrenos, você pode danificá-los e se machucar. Com a modernização de todos os equipamentos voltados para a prática de snowboard, o esporte foi crescendo nas décadas seguintes e em 1998 começou a ser disputados nos Jogos Olímpicos de Inverno. Desde então, surgiram diversas modalidades.

Foto: Аrtranq/Fotolia

O Slalom Gigante é uma competição de corrida de obstáculos Foto: Аrtranq/Fotolia

Modalidades

Superpipe

Grande estrutura halfpipe, construída de neve que tem paredes de mais de 5 m em ambos os lados.

Slopestyle

Pista que exige manobras de saltos em rampas, sobre caixas e trilhos.

Big Air

Famosa Mega Rampa, que varia entre 105 e 112 m de extensão e 27 e 30 m de altura.

Snowboard cross

Corrida entre seis competidores.

Slalom gigante

Prova de tempo, em que os competidores precisam passar pelos pórticos traçados na pista.

Slalom gigante paralelo

Semelhante ao slalom gigante, porém com dois competidores ao mesmo tempo.

Last modified: outubro 9, 2017

Gabriel Gameiro
Gabriel Gameiro
Estudante de jornalismo, que caiu no mundo dos esportes por acidente e com o tempo aprendeu a amar. Gosta do que faz e apesar de ainda não ser um corredor ama fazer spinning e cobrir corridas.