Foto: Pixabay

7 destinos brasileiros que já foram cenário de filmes nacionais

Gabriel Gameiro/ Aventura brasil

Quem nunca sentiu vontade de conhecer algum lugar após vê-lo como cenário de filme? O Brasil é repleto de destinos onde foram filmadas produções nacionais e internacionais, o que não falta são locais bonitos para conhecer. O Webventure listou alguns cenários nacionais de filmes pouco conhecidos, e outros tidos como clássicos, confira:

1. Cabaceiras (PB)

A cidade no sertão paraibana já foi cenário de tantos filmes nacionais, que ficou conhecida como “Roliúde Nordestina”. São mais de 25 filmes gravados por lá, um dos mais conhecidos é “O Alto da Compadecida”. Cabaceiras tem a produção artesanal e o bode como principais forças econômicas, tanto é, que o animal tem um monumento em sua homenagem, além da festa anual do Bode Rei, que ocorre em junho. Cabaceiras está a cerca de 190 km da capital João Pessoa e é um destino ideal para quem procura conhecer os hábitos culturais, a culinária e o artesanato típico do nordeste brasileiro.

Foto: Wikipedia

Foto: Wikipedia

2. Antônio Padro (RS)

O filme “O Quatrilho”, de 1995, foi um marcou a retomada do cinema nacional e fez com que a pequena cidade de Antônio Prado entrasse na rota turística do sul após as filmagens. A cidade possui o maior e o mais completo conjunto arquitetônico da colonização italiana no Brasil, 48 imóveis são tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional desde a década de 1980. É possível conhecer a casa que serviu como locação para o filme e ainda curtir as belezas naturais no roteiro chamado Caminhos de Pedra.

Foto: Wikipedia

Foto: Wikipedia

3. Pirenópolis (GO)

A cidade do interior goiano foi um dos principais cenários para a gravação do filme “Dois filhos de Francisco”, que conta a trajetória da dupla sertaneja Zezé Di Camargo e Luciano. Pirenópolis fica a 120 km de Goiânia. Entre os atrativos do local, estão construções do período colonial, rios e cachoeiras. Além disso, a cidade está próxima da Serra dos Pirineus, uma cadeia montanhosa que divide as baciasTocantinense e Platina. Seu pico, local que atrai praticantes de esportes radicais, é um dos pontos mais altos do estado, atingindo 1385 m de altitude.

Foto: Wikipedia

Foto: Wikipedia

4. Rio de Janeiro (RJ)

O Rio já foi cenário de diversos filmes nacionais e internacionais, o que faz com que a cidade seja mundialmente conhecida e uma das preferidas dos turistas. Entre as principais produções gravadas por lá está “Central do Brasil”, que leva o nome da estação de trem que fica no centro da capital carioca. Outros pontos sempre presentes nos filmes são o Pão de Açúcar, o Corcovado e as famosas praias, como Ipanema e Copacabana.

Foto: Wikipedia

Foto: Wikipedia

 

5. Recife (PE)

A capital pernambucana é cenário de diversas produções e recentemente se destacou com o filme “Aquarius”, que convida o espectador para um passeio por Recife e passeia por alguns dos principais atrativos da cidade, como a praia de Boa Viagem, além de se concentrar no tema da preservação do patrimônio que é recorrente em outros filmes locais.

Foto: Wikipedia

Foto: Wikipedia

6. Jalapão (TO)

Além de ser um destino conhecido pelos apaixonados por ecoturismo e turismo de aventura, a região do Jalapão, a cerca de 200 km da capital Palmas, foi um dos cenários para os filme “Deus é Brasileiro” e “Xingú”. Dunas douradas, cachoeiras, chapadas, grutas, rios e muito contato com a natureza é o que reserva os mais de 30 mil km². Os atrativos mais procurados pelos turistas são as Cachoeiras da Velha e do Formiga, o Fervedouro e a Serra do Espírito Santo.

 

Foto: Wikipedia

Foto: Wikipedia

 

7. Praia de Imbassaí (BA)

Há 130 km de Salvador e 14 km da Praia do Forte, é a primeira praia da Linha Verde, como é chamada a estrada do litoral norte baiano que liga o estado ao Sergipe. Parte do município de Mata de São João, o vilarejo, foi cenário do filme “Os Homens São de Marte.. E É Pra Lá Que Eu Vou”. Ainda conservando a calma e a tranquilidade baianas a cidade conta com boa estrutura de pousadas, bares e restaurantes e atualmente até resorts para receber os turistas.

Foto: Wikipedia

Foto: Wikipedia

Last modified: janeiro 8, 2018

Gabriel Gameiro
Gabriel Gameiro
Estudante de jornalismo, que caiu no mundo dos esportes por acidente e com o tempo aprendeu a amar. Gosta do que faz e apesar de ainda não ser um corredor ama fazer spinning e cobrir corridas.