Foto: Pixabay

6 cavernas e grutas para explorar pelo Brasil

O Brasil esconde uma imensidão de belezas naturais. Além de destinos que apresentam opções raras de fauna e flora, as formações rochosas também têm sido muito procuradas pelos ecoturistas, já que cada local proporciona uma paisagem diferente da outra.

Se ainda não explorou grutas e cavernas esculpidas pela natureza, com certeza, vai se inspirar com as opções que o Webventure listou para você!

1. Caverna do Diabo Eldorado (SP)

Foto: Flickr/ Jônatas Cunha CC BY-SA 2.0 Foto: Flickr/ Jônatas Cunha CC BY-SA 2.0

É a maior do estado de São Paulo. A parte aberta para visitação, com extensão de cerca de 700 metros, tem escadas, passarelas, pontes e iluminação artificial. O passeio é monitorado por um guia que indica as gigantescas formações rochosas surgidas no interior da caverna após anos de gotejamento de água.

2. Gruta do Lago Azul Bonito (MS)

Foto: Flickr/ Valdiney Pimenta CC BY 2.0 Foto: Flickr/ Valdiney Pimenta CC BY 2.0

O local tem esse nome devido à cor do lago de águas cristalinas, não se sabe ao certo sua profundidade, mas são mais de 87 metros. Dentro da gruta é possível observar fósseis de animais pré-históricos, como a preguiça gigante. Para chegar até lá é preciso percorrer uma trilha e atravessar uma ponte suspensa em meio as copas das árvores da mata virgem.

3. Boqueirão da Pedra Furada Parque Nacional da Serra da Capivara (PI)

Foto: Flickr/ Otávio Nogueira CC BY 2.0 Foto: Flickr/ Otávio Nogueira CC BY 2.0

O lugar é tombado como Patrimônio Cultural da Humanidade, pela Unesco. O Boqueirão é apenas um dos sítios arqueológicos que compõem o parque piauiense. O interior da caverna é repleto de paredões de arenito cobertos por pinturas rupestres.

4. Terra Ronca: Parque Estadual de Terra Ronca, São Domingo (GO)

Foto: Wikimedia Commons/.RVasconcellos CC BY-SA 3.0 Foto: Wikimedia Commons/.RVasconcellos CC BY-SA 3.0

É o nome da principal caverna do parque. De cara os visitantes já se deslumbram com a entrada, que atinge 96 metros de altura e 120 metros de largura. Em seu interior há salões de mais de 100 metros de altura. Além dessa, o passeio pelo Parque Estadual da Terra Ronca ainda possibilita conhecer um complexo de mais de 70 cavernas, com e sem lagos.

5. Gruta das Encantadas Ilha do Mel (PR)

Foto: Wikipedia/Marcos Guerra Foto: Wikipedia/Marcos Guerra

Participe do Rei da Montanha! Inscreva-se aqui!

Não é muito espaçosa, mas nem por isso deixa de ser bonita. Em seu interior o piso é de areia. Em meio as aberturas das rochas é possível ver a tradicional paisagem da ilha com a praia de Fora das Encantadas ao fundo. Para chegar até lá é necessário fazer uma trilha de aproximadamente 15 minutos.

6. Lapa Doce Chapada Diamantina (BA)

Foto: Wikimedia Commons/ Rafael Sgari CC BY-SA 4.0 Foto: Wikimedia Commons/ Rafael Sgari CC BY-SA 4.0

É considerada a terceira maior gruta do país, 850 metros de extensão são abertos à visitação. O espaço interior é repleto de salões amplos de diferentes formações rochosas. Só é possível fazer o percurso, que dura aproximadamente 1h30, acompanhado por um guia. Para chegar até lá é preciso percorrer um paredão de rochas calcárias e fazer uma descida de 70 metros até chegar à entrada da gruta.

Este texto foi escrito por: Carolina Abrantes

Last modified: fevereiro 25, 2017

Redação Webventure
Redação Webventure